Lula e Bolsonaro não conseguem furar ‘bolhas digitais’, diz pesquisa

Segundo levantamento, o postulante Ciro Gomes, que apostou na imagem mais ‘neutra’ de uma terceira via, também não consegue bom desempenho

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT) têm dificuldade de ter engajamento fora das suas bolhas digitais. No âmbito das postagens feitas pelos presidenciáveis, o total de 99% das interações, entre curtidas, retuítes e comentários, ficou entre usuários que fazem parte dos seus grupos digitais, aponta a pesquisa da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (DAPP/ FGV), com base em análise de publicações do Twitter feita de 27 de junho a 24 de julho.

Fotos: Ricardo Stuckert | Ascom/PR
Fotos: Ricardo Stuckert | Ascom/PR

Segundo o levantamento,  o postulante Ciro Gomes, que apostou na imagem mais ‘neutra’ de uma terceira via, também não consegue bom desempenho, 93,7% do engajamento fica entre a base digital de apoiadores. Na análise da chamada terceira via, as publicações de Lula são compartilhadas por 2% dos usuários que se posicionam como parte do grupo, número que é igual aos de eleitores que se consideram de direita. No caso de Bolsonaro, 0,1% das interações são compartilhadas pela esquerda e o mesmo desempenho é tido nos coletivos de terceira via, ainda segundo a pesquisa.

Deixe seu comentário