Ipespe: Lula lidera com 44%, seguido de Bolsonaro (35%)

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (25) apresenta estabilidade no comparativo com o cenário da rodada anterior

Foto: Ricardo Stuckert/assessoria
Foto: Ricardo Stuckert/assessoria

Nova rodada da pesquisa Ipespe reafirma o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança das intenções de voto, com 44%. Na sequência, aparecem o atual presidente, Jair Bolsonaro, com 35%. Os dados são próximos dos números da rodada anterior, publicada no começo de junho, onde Lula venceu por 45% x 34%, também no levantamento estimulado.

O crescimento do candidato à reeleição e a queda de Lula (ambas em um ponto percentual, se deu dentro da margem de erro, que é de 2,2 pontos para baixo e para cima. A diferença entre os dois recuou de 11 para nove pontos percentuais.

No mesmo cenário estimulado, o pedetista Ciro Gomes aparece em terceiro lugar, com 9% das intenções de voto. Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante) ficaram com 4% e 2%, respoectivamente. Pablo Marçal (Pros) e Luiz Felipe d’Avila (Novo) cravaram 1%.

O deputado Luciano Bivar (UB), a sindicalista Vera Lúcia (PSTU), a professora Sofia Manzano (PCB), o ex-deputado José Maria Eymael (DC) e o técnico em mecatrônica Leonardo Péricles (UP) não alcançaram 1 ponto.Nulos e brancos somaram 4% dos entrevistados e não sabem/não responderam, 2%.

Espontânea

Já na espontânea, na qual os eleitores não recebem a lista de candidatos, Lula lidera com 40% do eleitorado, e 30% de Bolsonaro. A oscilação, neste cenário, também ficou na margem de erro. Na rodada passada, Lula teve 39% das menções, contra 29% do atual presidente.

Na rodada desta segunda, Ciro Gomes (PDT) foi citado por 4% dos eleitores. Simone Tebet e Pablo Marçal ficaram com um ponto e os demais não pontuaram. Nenhum, brancos e nulos somaram 5%, contra 19% de não sabe ou não responderam.

Encomendada pela XP Investimentos, a rodada do Ipespe foi registrada na Justiça Eleitoral com o número BR-08220/2022. Foram consultadas 2 mil pessoas por telefone entre 20 e 22 de julho. A margem de confiança é de 95,45%. Essa é a segunda pesquisa para a corrida presidencial divulgada nesta segunda.

Segundo turno

Para o segundo turno, o instituto simulou cinco cenários. Lula venceria nos três em que participa: 53% contra 36% de Bolsonaro; 53×29% de Ciro Gomes e 55% a 22% se a adversária for a emedebista Simone Tebet. Nestes mesmos cenários, não sabe/nenhum/não respondeu/branco/nulo somaram 11%, 19% e 22%, respectivamente

Ciro Gomes seria eleito se o oponente for Bolsonaro (46% para 41%). Neste caso, não sabe/nenhum/não respondeu/branco/nulo obtiveram 13% das respostas. O postulante à reeleição venceria Simone Tebet por 41% a 39%, com cerca de 21% de não sabe/nenhum/não respondeu/branco/nulo. Fontes: Metrópoles e UOL

Deixe seu comentário