Aliados de Bolsonaro pedem que pastores convoquem fiéis para 7 de Setembro

Fiéis serão convocados a participar de atos não só em Brasília e Rio de Janeiro, onde o presidente estará presente, mas também em outras cidades

Classificada pelo entorno do presidente Jair Bolsonaro (PL) como “a última pesquisa” antes da eleição, o 7 de Setembro tem sido turbinado por lideranças evangélicas aliadas do mandatário, que tem pedido a pastores para gravar vídeos convocando seus fiéis a aderir ao ato.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

De acordo com informações da coluna de Igor Gadelha, no portal Metrópoles, integrantes da Frente Parlamentar Evangélica explicaram que o objetivo é usar o poder de mobilização dos líderes religiosos para engrossar o coro pró-Bolsonaro na data cívica

Segundo a coluna, os fiéis serão convocados a participar de atos não só em Brasília e Rio de Janeiro, onde o presidente estará presente, mas também em outras cidades do país.

O chamado para os protestos no Dia da Independência foi feito pelo próprio chefe do Executivo durante a convenção do PL que oficializou sua candidatura, em 24 de julho. Na ocasião, ele pediu aos apoiadores que fossem às ruas “uma última vez” para que “estes poucos surdos de toga” – em referência aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) – entendam “o que é a voz do povo”.

Deixe seu comentário